Parabéns! Seja através de muito estudo e dedicação, ou por qualidades excepcionais ou até mesmo por uma sorte desgraçada na hora de chutar todas no ENEM você passou no vestibular e conseguiu o tão aguardado Aprovado na lista da Unifesp!

E com ele um monte de preocupações e duvidas que você não deve ter parado pra analisar antes de selecionar a Unifesp Baixada Santista no Sisu. Coisas como: “Quanto custa ir pra santos todo dia?” ,“Quantos custa morar lá?”, “Onde fica exatamente essa tal Unifesp-Bs” “Como assim eles tem 4 prédios?!”, “Eles tem transporte próprio?”,”Tem onde almoçar?”, Interdisciplinar?! Mas o que é isso?”, “ Fica perto da praia mesmo?”, “Quantas aulas eu posso cabular sem bombar na matéria?”.

Bixo fica calmo nós vamos ajudar. Este guia contem informações úteis de quem já foi um bixo perdido e aprendeu a se virar. Vamos responder essas e outras perguntas e passar algumas dicas para você sobreviver ao primeiro ano. Aproveitem bem este ano e boa sorte a todos!

27 de jan de 2012

Assaltos

Hey bixos, beleza?
Bom, vou contar um pouco da minha experiência aqui.
Eu nunca fui de fato assaltada – Graças à Deus – mas no dia em que eu mudei pra Santos, 14 de março, um domingo, sai com a minha colega de rep e fomos ao extra da Ana Costa comprar comida, pois não tínhamos nem fogão e nem geladeira. Eu, a bonitona, sai de bolsa, enquanto a minha colega levou apenas uma carteira de mão. Na volta – 22 e pouco da noite – fomos abordadas por do moleques, de no máximo 15 anos, eles anunciaram o assalto e pediram o celular, não deu outra, saímos correndo. Sei que é errado, mas foi instinto, conseguimos fugir deles e logo chegamos na rep. Conversando com ela descobri que esses assaltos são normais em Santos, principalmente no começo do ano pois eles sabem que tem carne nova no pedaço, estudantes – assim como eu – desavisados, achando que só porque moram na praia podem sair a qualquer horário de casa e nada irá acontecer, fiquei sabendo também que moro em uma cidade onde o tráfico de crack é intenso e esses meninos roubam celulares e coisas fáceis de vender para sustentar o vício, até porque, reparamos que eles usavam tênis de marca – mas não era aquela marca da 25 de março – eram originais. Voltando da aula encontrei com eles mais duas vezes, mas de longe porque logo que reconheci. Dei um jeito de entrar no mercado e esperar eles saírem de perto. O medo reinou em mim por um bom tempo. Mas fora isso, Santos é uma cidade tranqüila, você pode andar 2, 3 horas da madrugada pelas ruas que nada te acontece – experiência própria – é tranqüilo.
Por um lado esse acontecimento foi bom, porque quando eu cheguei em Santos pensava: Nossa, to morando longe de casa, agora sou livre, posso sair e voltar sem ninguém ficar sabendo. Eu moro na praia! Isso é perfeito, não quero vida melhor! Vou me divertir muito e nada vai me acontecer!! – assim eu passei a tomar mais cuidado e prestar atenção com as coisas que acontecem à minha volta..

Bom, é isso..espero ter ajudado e não assustado! HAHA
Qualquer dúvida estamos ai! ;D
por: Paulinha

Nenhum comentário: